Avaliação biomecânica através do torque de inserção e remoção de duas macroestruturas de implantes. Estudo em coelhos

Aluno(a): Matusalém Silva Junior
Orientador(a): Prof. Dr. Luis Eduardo Marques Padovan
Área: Implantodontia
Ano: 2018

O objetivo deste estudo foi avaliar a influência de diferentes macroestruturas de implantes instalados em osso cortical (tíbia) através do torque de inserção e remoção dos implantes. Foram avaliadas 2 diferentes macroestruturas: um implante Híbrido, cônico com roscas cortantes na apical, roscas compactantes no terço cervical com câmeras helicoidais (Helix Grand Morse 3,75mm de diâmetro x 11,5mm de altura) e um implante Cilíndrico com roscas cortantes e câmara reta (Titamax Cone Morse 3,75mm de diâmetro x 11mm de altura). Para isso, 24 coelhos (Nova Zelândia) foram aleatoriamente divididos em 3 períodos experimentais com 8 animais cada (2, 4 e 8 semanas). Cada animal recebeu 2 implantes de cada grupo na metáfise tibial do lado direito e esquerdo, de forma randomizada, totalizando 4 implantes por animal Todos os implantes instalados foram inseridos equicrestalmente e a estabilidade primária foi determinada pelo torque de inserção no momento da instalação de todos os implantes. Após os períodos experimentais de 2, 4 e 8 semanas, os animais foram sacrificados e dois implantes (1 de cada tipo) foram removidos por meio de torque reverso. Todos os implantes estavam osseointegrados no momento do sacrifício dos animais em todos os períodos experimentais. Os resultados estatísticos descreveram que os implantes Híbridos/Cônicos obtiveram um maior torque de inserção comparado aos implantes Cilíndricos/Cortantes, 30.80  10.44 N.cm vs 25.52  6.84 N.cm (p0.01). Os implantes Cilíndricos/Cortantes apresentaram um maior torque de remoção no período de 8 semanas 91.05  9.32 N.cm vs. 68.62  13.70 N.cm (p0.01). Pode-se concluir que que os implantes Híbridos/Cônicos apresentam valores biologicamente adequados para obtenção da estabilidade primária e secundária em osso cortical.

Palavras-chave:: Implantes dentais; macroestrutura; Torque de remoção; Torque de inserção

DOWNLOAD