Reconstrução de maxila atrófica com enxerto em bloco bovino: Relato de caso clínico

Aluno(a): Juliane Wathier Pertile
Orientador(a): Profa. Dra Eloana Thomé
Área: Implantodontia
Ano: 2018

O objetivo deste trabalho é descrever um caso clínico, no qual foi realizada uma reconstrução óssea de maxila com cirurgia para levantamento de seio maxilar bilateral e enxerto ósseo em bloco na região anterior, o qual foram utilizados dois blocos de origem xenógena, da marca Orthogem. Paciente de 54 anos apresentou-se a clínica de Implantodontia da faculdade ILAPEO com um quadro de ausências dentárias maxilares, utilizando uma prótese total mal adaptada. Na avaliação dos exames radiográficos e tomográficos, verificou-se necessidade de enxerto ósseo para ganho de altura e espessura maxilar. Observou-se especificamente na região anterior superior, perda óssea em espessura, comprometendo a instalação de implantes, como também o suporte labial. A extensão da perda óssea indicava a necessidade de uma área doadora, mas pela falta de disponibilidade e visando reduzir a morbidade cirúrgica, optou-se pela utilização do enxerto em bloco xenógeno. O procedimento cirúrgico consistiu de exposição da área maxilar, modelação de dois blocos xenógenos fixados com parafusos de enxerto na região anterior da maxila. O procedimento resultou em ganho ósseo em espessura na região anterior o que permitiu a instalação de implantes dentários. Portanto, a realização de enxerto ósseo com bloco xenógeno pode ser uma opção de tratamento viável para pacientes com reabsorções ósseas em espessura na região anterior da maxila. A melhora estético-funcional com diminuição da morbidade cirúrgica são importantes vantagens dessa opção na reconstrução óssea maxilar.

Palavras-chave:: Maxila; Enxerto ósseo; Substitutos ósseos; Implantes dentários.

DOWNLOAD