O estudo da mestranda Caroline Aranalde ficou em primeiro lugar no Congresso Internacional Ortho Science

Aluna do mestrado da Ilapeo é destaque em congresso internacional

29/06/2018

A aluna do curso de Mestrado em Ortodontia da Faculdade Ilapeo, Caroline Aranalde, teve seu trabalho de pesquisa reconhecido durante o 2º Congresso Internacional Ortho Science. O evento, realizado em Curitiba no mês de junho, reuniu profissionais e estudantes para discutir os avanços e as novidades na área da ortodontia mundial. O trabalho da aluna da Ilapeo ficou em primeiro lugar na categoria de painéis científicos.

Com o tema “Fatores de risco associados à falha dos mini-implantes – estudo transversal de 10 anos”, Caroline apresentou um levantamento que identificou se fatores como sexo, idade, tabagismo, local da instalação e diâmetro têm influência sobre o sucesso ou não de mini-implantes (MI). Para isso, foram avaliados 570 pacientes, com idade média de 42,7 anos, no período de 2004 a 2013, totalizando 1.356 MI instalados.

De acordo com Caroline o estudo mostrou que em 89,1% dos casos houve sucesso no tratamento, apontando que os MI são efetivos para a ancoragem esquelética em ortodontia. No entanto, os MI mais curtos, com comprimento de 5 milímetros, apresentam mais probabilidades de falhas que os MI mais longos. “O uso de mini-implantes curtos (5 mm) foi inversamente proporcional à probabilidade da falha, e a perda de estabilidade foi maior na mandíbula do que na maxila”, comentou a aluna.

O resultado pelo reconhecimento do trabalho, na avaliação de Caroline Aranalde foi muito gratificante. “Foi com muita satisfação que eu recebi o prêmio, que significa uma grande conquista profissional”, disse. Ela destacou ainda a importância do apoio dos professores da Faculdade Ilapeo envolvidos na pesquisa, entre os quais, Ana Cláudia Moreira Melo, Augusto Ricardo Andrghetto, Siddartha Uhrigshardt Silva e Marcos André Duarte da Silva.