Evolução histórica da construção do profissional de imagens em discussão

29/09/2018

O enfermeiro e membro do Centro de Diagnóstico e Imagens do Hospital do Exército de Curitiba, Sauro Luz Cardoso apresentou, durante o 1º Congresso de Radiologia da Faculdade Ilapeo, a evolução histórica da construção do profissional de imagens. Além de dados cronológicos da criação da profissão, ele trouxe informações sobre como deve ser a conduta do profissional da saúde.
De acordo com Sauro, dentro do contextualização histórica, o primeiro raio x surgiu em 1895, mas no Brasil o registro data de 1900. Já o reconhecimento da profissão veio em 1985, e em 2011 a criação do Código de Ética e do Processo Ético Disciplinar. E hoje os profissionais precisam seguir as normativas do Sistema Único de Saúde e programas que visam a humanização no atendimento, que se estende a todos os trabalhadores do setor da saúde.
No entanto, Sauro destacou que o mais importante para o profissional é ter consciência que o seu papel vai além do técnico com domínio do manuseio do equipamento. Hoje, sendo ele, é preciso entender que se faz parte do elo de uma cadeia de atendimento, onde é necessário ser multidisciplinar e dominar o código de ética profissional. Também é fundamental ser ético na relação com o paciente e com outros profissionais, estabelecer linhas e métodos de trabalho, e manter uma comunicação eficaz. Saber ser guardião do segredo profissional é outro item destacado por Sauro, assim com saber respeitar as necessidades do paciente. “E acima de tudo, ter vocação para a profissão e buscar a atualização constante, já que na saúde o processo é dinâmico”, complementa.

SAURO LUZ CARDOSO
- Enfermeiro, especialista em Geopolítica Brasileira e Gestão em Saúde Pública.
- Tecnólogo em Gestão Pública.
- Técnico em Radiologia Médica pela Escola de Saúde do Exército.
- Docente de Pós-graduação dos cursos de Urgência e Emergência e Unidades de Terapia Intensiva das Faculdades Inspirar.
- Subtenente do Exército Brasileiro - Serviço de Saúde.
- Integrante do Centro de Diagnóstico e Imagens do Hospital do Exército de Curitiba.
- Atuou como Coordenador Técnico do Serviço de Radiologia da Prefeitura Municipal de Curitiba (Hospital do Idoso Zilda Arns e anexos de Serviço de Radiologia das Unidades de Pronto Atendimento).
- Socorrista e professor Certificado pelo Colégio Brasileiro de Radiologia em Assistência à Vida em Radiologia Médica.